Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Direitos humanos

As organizações de direitos humanos
vão às portas dos presídios
e dão entrevistas...
Fazem protestos muito sérios...
Mas eu nunca as vi fazendo visitas
aos cemitérios!
Ir lá pra quê?
Sabem que as vítimas dos homicidas estão bem.
Sem vida, mas bem!
Não há superlotação nas sepulturas...
Cada um na sua!

Mas os direitos humanos vão às cadeias e conferem
se a carne dada aos presos é de primeira...
Só não vão às periferias
e nem visitam os escravos do tráfico
ou os escravos das plantações...
E por que razão eles iriam?
Lá não se come carne...
Lá se é a própria carne devorada
e o próprio alimento...

Os direitos humanos dos homicidas,
dos criminosos por profissão e opção
também têm seus direitos...
O que de humano lhes resta!

E o resto?
O resto é como o resto de nós
e não recebe tão ilustre visita!
Poeteiro
Enviado por Poeteiro em 16/10/2005
Código do texto: T60229
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Poeteiro
Santos Dumont - Minas Gerais - Brasil
440 textos (10790 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 21:29)
Poeteiro