Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SALTANDO O TEMPO
Juliana Valis




Queria escrever um poema que saltasse o tempo,

Que pulasse as horas incautas diluídas em sonhos,

Que transcendesse as aparências de qualquer momento,

Rumo ao imprevisível sentimento em versos que nos descrevem...




Queria não apenas rótulos de mundos vis,

Prefiro, antes, a delicadeza das letras de amor,

Além da dor, do mundo, do que se quis

Nos mais profundo réquiem de uma aurora em cor,

Que desfalece, agora, querendo ser feliz... 




Por tudo isso, perco verbos em horas vãs,

E, sem demoras, as teclas da vida em si

Convidam-nos a chorar, a ver, a sorrir,

Além do descompasso, em tantas sós manhãs,

Desabando em nós, no sonho denso, aqui !




Ah, pudéramos declamar vertigens de amor loquaz,

Além do mar, da dor presa a todo humano espaço,

E, talvez assim, pudéssemos sentir a paz

Transbordando, enfim, no mais sutil compasso,

Em cada breve passo que a humanidade traz !



----



Quadro acima de Salvador Dali, 
"A persistência da memória'"








Juliana Silva Valis
Enviado por Juliana Silva Valis em 22/08/2007
Código do texto: T619413

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para o site). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Juliana Silva Valis
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 33 anos
3973 textos (881701 leituras)
4 e-livros (1863 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 12:23)
Juliana Silva Valis