Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Estradas de Canções

Olhe em volta para o novo mundo
Ande comigo por essa estrada
Você ja reparou como o sol nasce frio?
Ja se perguntou aonde vai?

Antigamente tudo era mais bucólico
Rios eram vivos e a grama era agradavel
Com a nova era caótica
Os beija-flores morrem

A canção adormecia em nosso seio
E nostalgia fazia parte de nós
Sentiamos o calor do próximo
E não uma nota fiscal por um abraço

Deixe-me pegar sua mão
Enquanto andamos por essa estrada de canções
Tudo tem uma nota
Em cada próprio padrão

Como foi precioso aqueles dias
Onde podia perdurar em seu sorriso
Suas lágrimas sobre meus ombros
Como pode me dizer que tudo se foi?

O sol não brilhará não é novidade
Deixe me pegar sua mão
Irei mudar sua opinião

Não, não dê as costas
Vamos andar pela rua ladrilhada
Com antigas cantigas e fotos intrapessoais
Essa rua chama-se nostalgia
Jazida dentro de minha inócua mente
Marcos Ses
Enviado por Marcos Ses em 23/08/2007
Código do texto: T619645
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcos Ses
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 30 anos
50 textos (1515 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 04:16)
Marcos Ses