Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

" DESILUSÃO II "


                 Hoje, estático,
                 tipo estátua, vi tua rudeza esculpida
                 nas rugas do meu rosto ...
                 Uma máscara do tempo, um sepulcro.
                 Chutei, mandei embora ...
                 Revi o passado, instalei o presente,
                 vi-me homem e menino,
                 revigorei, acendi, flutuei,
                 assim imberbe e pródigo,
                 renasci, surgi, voei,
                 tipo fenix sem destino ...
                 
                 
                                                             23.08.2007
Poe
Enviado por Poe em 23/08/2007
Reeditado em 27/08/2007
Código do texto: T620489
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Poe
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 69 anos
483 textos (18090 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 02:44)