Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CANSEI!

Cansei de assistir tudo isso, cansei!
Histórias inventadas, mentiras contadas
Os anos vão passando, nada vai mudando
As mesmas falas, enroladas, esfarrapadas!

Cansei de ouvir que tudo vai mudar
Que vai ter comida, moradia, lugar pra trabalhar
O discurso é sempre o mesmo: Calma Companheiros!
Vamos chegar lá! É só esperar, esperar, esperar...

Cansei de ver a violência ser manchete todo dia
Balas perdidas, rebeliões, acidentes de avião
Dizem que foi fatalidade, uma pena e nada mais!
As famílias que se danem, logo, logo, esquecerão!

Cansei de ouvir explicações, sem sentido, sem moral
Querem dizer tanto, enrolam tanto, saem-se mal
Fazem teatro, pedem desculpas, perdem a lucidez
E têm a capacidade de pedir nosso voto, mais uma vez!

Cansei de ficar quieta, pois agora vou falar
Que a poesia me sirva de instrumento pra gritar
Gritarei em meus versos, sempre, de agora em diante
Pra que esse povo heróico ouça o meu brado retumbante!
Rita Lopes
Enviado por Rita Lopes em 23/08/2007
Código do texto: T620878

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para sua obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Rita Lopes
Assis - São Paulo - Brasil, 52 anos
52 textos (10689 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 14:18)
Rita Lopes