Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Coração de papel

De tempos em tempos você me procura
quando sua vida está escura

Lágrimas em meu ombro derrama
e mais uma vez me leva para a cama

Depois me pede para teu coração consertar
de cacos uma jóia novamente formar

Mas não sou boneco de pano
tenho sentimentos, sou humano

E com meu coração de papel não irás mais fazer fogo
para aquecer o teu belo corpo

Pois nele até pode existir um coração
mas não existe um pingo de paixão
Paulo Gomes
Enviado por Paulo Gomes em 24/08/2007
Reeditado em 07/09/2007
Código do texto: T621382
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paulo Gomes
São Paulo - São Paulo - Brasil, 30 anos
107 textos (3124 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 14:24)
Paulo Gomes