Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sentidos

Agora sei que para evoluir tenho que aprender a usar meus sentidos de maneira certa. Tenho que aprender a ver com os ouvidos. Depois aprender a ouvir com meu corpo. E acima de tudo, falar com meus olhos. Sabendo usar os sentidos corretamente, verei além do infinito, hei de ouvir um pedregulho se mover na lua, e saberei expressar uma imensidão de significado com um olhar. Nessa montanha que escalei arduamente, consigo me enxergar e saber até que ponto posso chegar. Levará uma vida para que eu aprenda a aguçar meus sentidos. Mas não chegarei a usá-los com perfeição, apenas evoluirei, e carregarei os segredos do aprendizado com o fim de minha vida, pois não há meios de transmitir aos jovens aprendizes os segredos do uso dos sentidos. É a ironia da vida.
Marco Aurélio Andrade Massilon
Enviado por Marco Aurélio Andrade Massilon em 24/08/2007
Reeditado em 16/11/2010
Código do texto: T621514

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Você deverá indicar a autoria de Marco Aurélio Andrade Massilon, de Campo Grande - MS.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marco Aurélio Andrade Massilon
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 30 anos
65 textos (2260 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 08:47)
Marco Aurélio Andrade Massilon