Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pai querido!

                           Pai querido,
                   Não sei porque razão,
         mesmo sabendo que esta tão doente,
             não consigo chorar de tristeza,
    porém o meu coração está muito perturbado,
     porque não queria que você ficasse assim.

                   Pai eu não sei até onde,
         você vai conseguir agüentar este fardo,
porém quero que se lembre das vezes que eu te disse,
                             te amo!

  Espero no Senhor que você se livre desta doença,
            e sinta-se completamente curado,
e juntos poderemos nos alegrar ainda mais no Senhor,
 Que Deus abençoe cada dia mais e mais a sua vida!
Paulo Rachid Pinho
Enviado por Paulo Rachid Pinho em 24/08/2007
Reeditado em 24/08/2007
Código do texto: T621776
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paulo Rachid Pinho
São José dos Campos - São Paulo - Brasil, 29 anos
11 textos (1413 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 23:37)