Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CRIME DOLOSO


Maior é o número dos criminosos responsáveis por mortes por imprudência, imperícia e negligência do que os que as mortes com armas de fogo e armas brancas.

Considere quantos têm morrido por causa de diagnósticos mal feitos, uso de medicamentos mal aplicados e mal elaborados, além de imperícia em intervenções cirúrgicas.

E raramente os responsáveis por esses erros recebem punições ou são julgados por seus atos.

Mesmo em ações ou atitudes não intencionais, mas irrefletidas, existem crimes. Frascos vazios lançados de veículos têm causado até mortes, como o que me disseram ocorreu com um motoqueiro e a sua acompanhante, em São Paulo, devido a uma latinha que fora lançado de um ônibus, e que atingiu o rosto de um motoqueiro, provocando-lhe acidente e morte tanto sua como de sua acompanhante.

Além dessas atitudes irrefletidas, há as que causam acidentes por falta de uma proteção adequada, de um corre-mão, de um portão; ou as negligências na hora de colocar um parafuso, uma porca; fazer um reparo, seja em veículo, seja em alguma coisa qualquer. Uma casca de fruta jogada ao chão pode causar a morte, e tem causado muitos acidentes com perdas irreparáveis.

Mas alguém poderia dizer que “isso são coisas da vida”. Pois eu diria que não. Até furacões e terremotos já são previsíveis, e é possível se tomar precauções para minimizar as suas conseqüências.

As calçadas e escadas feitas sem anti-derrapante, as cancelas que abrem para fora no topo de escadas, garagem sem aviso de entrada e saída de veículos; veículos estacionados sobre as calçadas forçando os pedestres a transitarem pelo local destinado ao tráfego de veículos, tudo isso tem resultado em muitos acidentes e perdas de vidas.

A maioria desses crimes não são considerados, mas um dia serão julgados. Muitos que hoje sofrem, estão sendo penalizados por atitudes praticadas por seus pais. É que Deus visita a maldade dos pais nos filhos. Êx. 20:5, ú.parte.

Alguns dos responsáveis sabiam no que poderia resultar as suas ações ou omissões, e mesmo assim não evitaram praticá-las ou mudá-las. Quem sabe fazer o bem e não faz, comete pecado. Tg. 4:17. A omissão não é apenas uma transgressão segundo a lei dos homens, mas também segundo os preceitos divino.

Um dia tomei um ônibus e me assentei ao lado de uma mulher que estava tomando água mineral num frasco plástico (garrafinha plástica). Ao terminar, ela soltou a mesma pela janela do ônibus. Então eu lhe pedi que ela não me levasse a mal no que eu ia lhe dizer, e que uma atitude semelhante a dela poderia causar o que aconteceu ao casal de motoqueiros em São Paulo. Ela me respondeu que São Paulo é São Paulo, e que Manaus é Manaus. Como que isso só pudesse acontecer em São Paulo. E foi mais longe na sua petulância. Disse que nós temos o prefeito para limpar a cidade. Eu lhe disse que nós é que pagamos por isso. Mais lixo, mais impostos para coletá-los!

Há quem diga que os nossos governantes deveriam fazer do nosso país um país de primeiro mundo, mas não dão a sua parcela de colaboração para isso.

Seja cauteloso para não incorrer em dolo, e não peque mesmo sem saber; pois mesmo que não haja intenção, isso pode ocorrer. Você pode não fazer o mundo melhor, mas também pode concorrer para que ele não fique ainda pior.
oliprest
Enviado por oliprest em 25/08/2007
Código do texto: T623383
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Oli de Siqueira Prestes). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
oliprest
Manaus - Amazonas - Brasil, 67 anos
1912 textos (176142 leituras)
245 áudios (2455 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 17:53)
oliprest

Site do Escritor