Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Grito de Agoniaaaaa

Grito..e ninguém me atende....pareço perdida
porém depende...se vou vivendo é porque eu luto...
às vezes reluto...fico de luto...
choro...ou comemoro...mas tudo de cada vez...
Sem pensar no talvez...pois senão fico maluca...
minha mente...minha nuca...não páram de doer..
O que eu vou fazer?! fico aqui parada?...de conversa fiada?
enquanto sozinha alguma pessoa caminha...sem ter
direção,por emoção...nas ruas sombrias da cidade,
sem felicidade...sorrindo pra não chorar..
querendo lugar pra morar,carinho pra receber...
E ninguém pra perceber!!!
Até que um dia ela acorda..e pensa em comprar uma corda..
pra acabar com esse sofrer...quase que sem querer..
Então sobe num banco...fica isolada num canto...
Pra em silêncio morrer!!


(Pensas que essa história é triste? saiba que ela existe...
mesmo sem saber..e que podia ser você...
Mas não é porque você é forte..e também nem teme a morte..
Esta que não é aquela do corpo...do teu último sopro...
È aquela de todo dia...quando bate agonia...
aquele vazio no peito..que quase não tem jeito..
è amar sem corresponder...unilateral gole de poder
Quando aquilo que querias ,já não podes ter...)
Noemi Prates
Enviado por Noemi Prates em 26/08/2007
Código do texto: T624142
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Noemi Prates
Nova Iguaçu - Rio de Janeiro - Brasil, 29 anos
98 textos (8414 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 09:59)
Noemi Prates