Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Certeza

Ontem vi chegar
entre uma onda e outra
os beijos que me mandaste
através do imenso oceano
eram lindos e quentes
prenhes de saudades
eram tuas mãos
acariciando meu rosto
desafiando o frio atlântico
linha ténue que nos separa


Ontem avistei-te
entre uma cor e outra
no crepúsculo multicolor
era tua silhueta resplandecente
não sei se eu te contemplava
ou te reinventava no zénite da minha frustração

Ontem cruzei contigo
no regresso dos flamingos
vindos dos mangais do lobito
eles não traziam comida para as crias
eles traziam no bico afago que me mandastes
eram tão fortes, tenros e verdadeiros
que senti teu perfume nas minhas mãos

Ontem fiquei até tarde
Recebendo as rosas que mandastes
Entre uma onda mais mansa que outra
Chegaram rosas brancas e imaculadas
Lindas como os teus cabelos

Ontem ouvi tua voz
No chilrar dos passarinhos nómadas
Que atravessavam a imagem na acção
Meneavas, sussurravas e segredavas
Palavras afáveis, néctar do meu consolo
Ouvi sim tua voz meiga
Rompendo fronteiras da imagem na área
Soletrando o desespero num versejar eloquente

Ontem a saudade ascendeu
Ontem a saudade virou vontade
Sufocada no sol poente
Grito feito ponte
Dor fonte
Fonte

(ontem a saudade se converteu, ascendeu, agora é certeza. Te amo.)
Mabaka
Enviado por Mabaka em 27/08/2007
Código do texto: T625723

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mabaka
Angola, 31 anos
72 textos (4740 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 04:34)
Mabaka