Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MEU DESERTO

No deserto, meu corpo encontra
o navio de suas perdas
e navego entre as pedras
de minha desilusão.

No deserto, encontro meus mortos
e as portas do céu se fecham
para os dias do mar
e do porvir.

Peço palavras no deserto
e escuto os gritos
de quem já não sabe
o que é dançar.

Meu grito abre fendas no chão
e jorra água salobra,
que lava e infecciona
as areias de meu deserto.
Deodato
Enviado por Deodato em 27/08/2007
Código do texto: T625851
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Deodato
Porto Velho - Rondônia - Brasil, 48 anos
133 textos (5850 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 17:20)
Deodato