Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Envelhecer

Um mundinho sem vida, insignificante aos olhos de quem sonha conhecer o mundo.
Olhar pela janela e ver o suor saindo dos cabelos escorrendo pela testa parece ser mais atraente do que viver trancafiada em meio à solidão daqueles que cobram o melhor de você. Olhar para o monitor sem direção. Um olhar perdido no vasto espaço que a cerca sem saber o que dizer, preferindo não opinar sem ter a certeza, deixando que a desconfiança cresça em meio às sementes da criatividade. È um olhar cabisbaixo, daqueles desanimadores que sugariam a impetuosidade da mais vigorosa pessoa. Alguém que traz marcas de um lindo sonho que da noite para o dia virou pesadelo. Lágrimas que escorreram ficaram cravadas sobre a face antes lisa e perfumada. Agora jaz um morto vivo, calado quieto, mas que luta para se manter vivo de cabeça erguida com os pés no chão e no fundo aquele tom de criança que nunca quis crescer mas que um dia, com a certeza do tempo, irá morrer. Sorte dela ter um filho, um motivo para viver.
Quando a vejo tenho a impressão de uma pessoa que se arrepende do que fez na vida e que daria tudo para ter uma nova chance. Mas é tarde demais, pois o tempo não volta.
Isso é envelhecer.
Alexander
Enviado por Alexander em 28/08/2007
Reeditado em 28/08/2007
Código do texto: T627755

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alexander
Joinville - Santa Catarina - Brasil, 30 anos
2 textos (141 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 19:01)
Alexander