Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DIVAGANDO...........



Como se conta o tempo?
Horas, minutos, segundos...
Lágrimas, riso, dor, razão ou sentimento?

Por onde passa o vento
retorna algum dia ao mesmo lugar
ou nunca cessa de ir...e não voltar?

Lagrima que cai ao chão
a terra sedenta bebeu
pra onde foi, chuva devolveu?

Igual a miragem no deserto
mata sem dó nem piedade
quem acredita que ilusão seja verdade.

Promessa não cumprida
decepção escrita na vida
tornar-se mentira que mata a esperança.

Horizonte que não se alcança
igual sonhos de criança:
é o amanhã que nunca chega.

A Morte chegou  e fez companhia
conversa animada nessa noite fria
Solidão foi-se embora ao raiar do dia.

Escapei de pesadelos medonhos
seguindo os rastros dos sonhos
nos céus da noite que amanhecia

A dor mais doída que se sente
é a que ninguém vê, nem presencia
faz eco na alma de tanta agonia.

Fiz as malas, com todo cuidado
embalei minha vida bem devagar
despedi-me de mim, e fui viajar.

Pensei que podia fazer poesia
ledo engano e triste ironia
ensaiando palavras em versos e rimas.
Liane Furiatti
Enviado por Liane Furiatti em 29/08/2007
Reeditado em 20/01/2009
Código do texto: T628474
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Sobre a autora
Liane Furiatti
Curitiba - Paraná - Brasil
779 textos (36172 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 07:26)
Liane Furiatti