Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O GÁS FATAL

O GÁS FATAL

Vou falar um pouco agora,
Deste gás tão perigoso;
Falo agora do pum,
Que é tão mafioso.

Começando agora,
Venho a dizer;
Os efeitos causados por ele,
Dentro do ser.

No intestino ele vai percorrer,
Se alguma coisa estragada você comer;
Por isso previna-se logo não coma feijão,
Quando começar a anoitecer.

Falando um pouco agora,
Dos seus tipos fatais;
Daqui par frente,
Tenho certeza de que você não vai esquecer jamais.

O mais perigoso é o mudinho,
Esse que agente não escuta sair;
Mas quando começa a se espalhar,
Aí sim agente começa a sentir.

Tem aquele que chama o amigo,
ADOUFO é o seu nome;
E com muito cuidado,
Sai bem espremido.

Tem o pum da felicidade,
Este só quem solta é a velhinha;
Olha para um lado e para o outro,
Solta e dá uma risadinha.

Tem aquele teimoso,
Que sozinho não sabe ficar;
Você solta ele aqui,
E ele tem que te acompanhar.

Tem o pum da moça,
Esse sai bem de fininho;
Mas que derruba qualquer um,
Assim como o mudinho.

Tem a pedra na água,
Este só faz blum;
Mas o efeito é par acabar,
Com o pulmão de qualquer um.

Isso era o que tinha para dizer,
Espero que tenha dado para entender;
Sobre o pum que acabei de falar
Que o seu efeito pode até te matar,
Não solte em ambiente público
Porque prejudicado você vai ser,
E principalmente se descobrirem;
Que o culpado foi você.

Até por questão de educação,
Não solte este gás em vão;
Se na igreja você estiver,
Vai fazer todo mundo ficar de pé
E começar a passar mal,
Vão deixar cair até o jornal;
E o padre vai correr,
E o culpado vai ser você
Que soltou este GÁS FATAL.


Todos os direitos autorais reservados a JOSUEL SANTOS
JOSUEL SANTOS (O POETA DO CORAÇÃO)
Enviado por JOSUEL SANTOS (O POETA DO CORAÇÃO) em 30/08/2007
Código do texto: T630099
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (CITE O NOME DO AUTOR ( JOSUEL SANTOS) E DIVULGUE A ORIGEM E OS CREDITOS DEVEM SER ATRIBUIDOS A MESMO.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
JOSUEL SANTOS (O POETA DO CORAÇÃO)
Parelhas - Rio Grande do Norte - Brasil, 30 anos
137 textos (39194 leituras)
2 áudios (250 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 15:09)
JOSUEL SANTOS (O POETA DO CORAÇÃO)