Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Reflexo




 elisasantos



Reflexo do mundo, conflitos, embates e alguns disparates...
Pura normalidade, mulher mediana, um pouco tirana
insana para o amor, transpirando ciúmes e respirando saudade.
Atendo-se ao passado, mirando o futuro
presente embrulhado em muito consumo, festa do analista
do endocrinologista decerto o maior terror...
Confunde o parceiro com algum produto dentre os que consome,
e o quer bem guardado em algum cantoda casa , bem quieto e calado sem interferir em questões decisivas do seu
bem - viver,
o quer disponível, bem tratado e tranqüilo  para todas as horas vazias de prazer preencher.
 
(O Poema  que o ingrato do poeta
 deixou redigido no aparador da minha sala
 nessa madrugada ao me abandonar.)

elisasantos
Enviado por elisasantos em 25/10/2005
Código do texto: T63176
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
elisasantos
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 56 anos
430 textos (24472 leituras)
1 áudios (91 audições)
4 e-livros (163 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 05:09)
elisasantos