Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SONHOS MEUS

SONHOS MEUS




São meus os sonhos que sonhei,
São meus os sonhos que não vivi.
Pincelei-os das mais belas cores e esperei
Enquadrei-os nas mais belas telas e permiti
Que ali fosse retratado o deleite
De um grande amor por viver,
A felicidade que não tem jeito,
A união entre os homens que não existe,
A miséria que não acaba,
E o pesadelo que persiste.
Afinal o que nos resta?
A dura realidade que é triste?
Ou a saudade dos sonhos
Que vagueiam na memória
E terminam sempre como história
A ser contada no tempo de uma vida.
celeste palma
Enviado por celeste palma em 31/08/2007
Reeditado em 05/09/2007
Código do texto: T632015

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
celeste palma
Portugal, 69 anos
36 textos (3957 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 00:36)
celeste palma