Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Coração descontente



De que vale um coração descontente.
Lá porque o destino o agrediu.
Se há páginas da vida a lamentar.
Melhor que seja de as rasgar.
Histórias para quê as recordarem.
A vida sempre é um desafio.
Onde vale constantemente arriscar.

Tragédias arrebatadas de momentos.
Que se tornaram teatros de folhetim.
Está a vida sempre invadida delas.
O que vale são os apaziguamentos.
Que acabam por tornar esses momentos.
Em trágicos e exuberantes fingimentos.
Melhor que fossem em amantes festins

Saber tornar a vida em ensejos
de versos e de rimas de trovadores.
Que de amores as sabem tão bem cantar
Só para iludirem grandes senhores
E assim sustentarem suas contendas
E aligeirarem seus loucos desamores
Por damas desarmonizadas em suas tendas

Rasgar todas as páginas da história
Que invoquem tormentosos passados
Aquietarem-se simplesmente no presente
Enamorado delicioso e sorridente
E o porvir com generosidade esperar
Afavelmente o receber com novos ideais
Para outros livros e outras histórias contarem.


De nada vale um coração insatisfeito.
Por existências que são páginas passadas
E vamos lá ler a folha da frente….



De T,ta
Tetita
Enviado por Tetita em 31/08/2007
Código do texto: T632255

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tetita
Setúbal - Setúbal - Portugal
1397 textos (80135 leituras)
65 e-livros (5625 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 03:55)
Tetita