Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Por você, para você...

Corpo disforme, gestos deformados
Rostos e olhares embaraçados...
Sorriso tenue e alheio.
Eis-me aqui diante de você?

Algo que me chama atenção!
Sentimentos:_ desordenados,
Povoam minha alma e meu coração.

Aqui me detenho, paro e olho;
Coordeno...
Os sentimentos que me veem.

Misto de medo e pena,
Não sei o que fazer...
Doar algo, não sei o que?
 
Sou tão forte, cheio de esperanças;
Sinto  me fragil; sem forças,
Diante de tal situação.

Penso e busco uma solução...
A solução não encontrei,
Mas, um novo caminho descobri.

Passei a caminhar...
Não paro siquer um instante,
Na ânsia de encontrar;
Sua aceitação em qualquer lugar.

Os limites existem e todos  nos temos;
Não podemos dizer o seu...
Cabe a nós lhe dar oportunidades!
Para que seja aceito e viva em sociedade

Você é e será sempre desafiado?
Para aprender lidar com as diferenças;
Conviver com os deficientes, dar suporte,
Nova vida, sem deixa-lo na marginalidade...
                                                      cilene
Cilene de Castro Dano
Enviado por Cilene de Castro Dano em 31/08/2007
Código do texto: T632423
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cilene de Castro Dano
Presidente Prudente - São Paulo - Brasil, 75 anos
93 textos (5182 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 08:36)