Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LIMITES...
 
Eu fiz de tudo pra não me afastar de ti
Mas como nessa vida tudo tem limites,
Não pude conviver com as estalactites
Do teu errôneo mundo, por isso parti...
 
Não guardarei de ti entraves nem rancores...
Podes dizer pro mundo que eu não valho nada!
Faças de mim um monstro, fiques por coitada
Diante dos teus novos e infiéis amores...
 
Esqueças do que eu fui, do que eu te dei, de tudo
Que eu te falei nas noites de profundo estudo
No teu corpo (que tolo) eu jurava ser meu!
 
Destruas minhas fotos, minhas roupas queimes!
E nunca mais me ligues, por favor não teimes
Em querer dar de novo, vida a quem morreu...
 
 
Nizardo Wanderley
Enviado por Nizardo Wanderley em 31/08/2007
Código do texto: T632607

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Ex: cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Nizardo Wanderley
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil
679 textos (92709 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 07:53)
Nizardo Wanderley

Site do Escritor