Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Passos lentos

Trago em mim,
os estragos dos tragos
tomados com afagos
Acaricio em mim
as cicatrizes
de um passado ébrio.
Vejo
com meus olhos embaciados
o tremer de minhas mãos
e o falecer de suas células.
Ouço
em meu peito
o som frágil
de um coração desamado.
Caminhando
na lentidão dos meus passos
carrego o fardo das
decepções sofridas.
Detenho-me
na sordidez do social
brutalizado pelo
sistema desigual.
Nos meus sonhos
fantasio
uma sociedade
igualitária...
uma sociedade
humanitária.
E a realidade
sem ser imaginária
mostra-nos
uma sociedade
mercenária.
Com a proliferação
desenfreada
dos vendilhões
de virgens
e os mercadores
de deuses.

Ataliba Campos Lima
3, 9/08/1998
Apoio Cultural www.jornalnovafronteira.com.br
Ataliba
Enviado por Ataliba em 31/08/2007
Reeditado em 24/11/2007
Código do texto: T632672
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ataliba
Barreiras - Bahia - Brasil, 76 anos
20 textos (656 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 17:18)
Ataliba