Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AH! TEMPO

Ah!  Tempo, que já lá vai
Longo na passagem dos dias
E recente nas lembranças
É, parece que tudo foi ontem
Talvez sejam essas memórias
Que como uma digital, marca
A nossa passagem por aqui
De qualquer forma o orgulho
De ver tudo o que foi feito
Ampara-nos e conforta-nos
Motivando-nos a prosseguirmos e
Perseguirmos os nossos ideais
Alegra-nos saber que o fruto
Que concebemos, com certeza
Também honrarão o exemplo e
Talvez este seja o maior dos
Prêmios que faremos jus
Foi assim inspirado nos nossos
Queridos Pais que aprendemos
A fazer tudo com muito carinho
Certinho, muitas vezes fazendo
Bico e cara feia, resmungando
E coisa e tal; é foi assim e será
Mas o tempo prova que tais
Exemplos não têm preço, não
Tem tabela, não tem manual de
Instrução, não vem em quatro
Ou cinco idiomas, mas em um só:
A linguagem fraternal do amor
Há Tempo!
_________________________

Dedicatória:
Parabéns pelo aniversário no dia de hoje.
Este poema é dedicado a vocês:
Nelson C. Almeida – meu irmão de sangue.
Célio Govedice – meu irmão de fé.
31.08.2007
J Larbak
Enviado por J Larbak em 31/08/2007
Reeditado em 31/08/2007
Código do texto: T632837
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
J Larbak
São Paulo - São Paulo - Brasil, 60 anos
79 textos (9489 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/10/17 20:53)
J Larbak