Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
"Quando..." = Rimas= = Humortrixte=


Quando a barriga no homem cresce
Deixando-o com um perfil bem torto
Com árvore de cemitério ela se parece
Pois fica fazendo sombra pro “morto”
------------------
Quando certo apetrecho não endurece
Não olha para cima, em direção ao céu
Nesta vida nada mais ao homem apetece
Não tem espeto pra aproveitar o pitéu
------------------
Quando o que lhe resta é só poder olhar
A vida do homem é mesmo muito ingrata
Nem um consolo lhe querendo ela deixar
Desce-lhe pelos olhos abaixo a catarata
------------------
Quando o homem já está muito velhinho
Já nem pensa ou sonha mais com “aquilo”
Recebe da família todo o muito carinho
De quem visita o papai ou o vovô no asilo
------------------
Quando um homem chega a amadurecer
E já tem muito da vida a alguém ensinar
Seu tempo já passou, tem que aprender
Não interessa o que ele tem pra contar
------------------
Quando um homem morre, já muito idoso
Depois que a família da vida se despediu
Talvez até apareça alguém que o carregue:
“Velhinho pesado da porra! Puta que pariu!”
Fernando Brandi
Enviado por Fernando Brandi em 01/09/2007
Reeditado em 01/09/2007
Código do texto: T633189

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fernando Brandi
São Paulo - São Paulo - Brasil, 70 anos
1392 textos (189310 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 09:31)
Fernando Brandi