Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TRAPO HUMANO

TRAPO HUMANO
 
A desesperança me fez partir,
Em silêncio, pedi que me levasse.
Olhando meu pálido sorrir...
Desesperançada me levei...

Segui comigo mesmo,
A passos lentos, andar calmo e triste.
Minha mão se levanta e o dedo em riste
Faz a acusação: FUGITIVA!
 
E no dia em que mais me azarei,
Caí-me pensar que amava...
Mais infeliz que feliz, menos sorri que chorei
Até descobrir que não dava!
 
Fujo pelas escadas correndo,
Como se assim tocasse o céu.
Mas a pressa, maldita! Atrapalha
E eu tropeço, caindo à meus pés...
 
Ri, ri daquele trapo maltrapilho
Que sob meus pés pereceu;
Gargalhei e critiquei daquilo,
Mesmo sabendo que o trapo
ERA EU!!!
 Imaculada Catarina (kyriadalua)

KYRIADALUA
Enviado por KYRIADALUA em 01/09/2007
Código do texto: T633363

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
KYRIADALUA
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
158 textos (62206 leituras)
1 e-livros (25 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 04:23)