Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sorte...

Já lhe veio a mente
Que não existe azar,
Ou mesmo sorte
Em nossas vidas?

Veja como estou certo
Quando digo que nada,
Nada mesmo,
Acontece por um acaso

Nascemos e já pensamos
Crescemos e logo enchergamos
Questionamos e logo aprendemos
Andamos e chegamos a sabedoria

Se achamos uma moeda
É porque alguém a deixou cair
E nada mais é que conhecidência
Nossa presença ali

Ganhamos na mega-sena
Pois tentamos e tentamos
E por alguém ter combinado
Os números de nossa fézinha

Quando pensamos em sorte
Esqueçemos que o mundo gira
E que nele fazemos
O acontecer constante

Não se pode dar o crédito
A um fenómeno inexistente
Devemos fazer nossas chances
E não esperar... agir...

Assim eu penso
Por experiências vividas
Que não existe sorte ou azar
Mas existe ação e reação.
Marco Aurélio Andrade Massilon
Enviado por Marco Aurélio Andrade Massilon em 01/09/2007
Reeditado em 16/11/2010
Código do texto: T633733

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Você deverá indicar a autoria de Marco Aurélio Andrade Massilon, de Campo Grande - MS.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marco Aurélio Andrade Massilon
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 30 anos
65 textos (2260 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 21:46)
Marco Aurélio Andrade Massilon