Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Encasulado

Eu sou, como um átomo em fusão,
um poeta a implodir lirismo
nas cercanias do obscurantismo,
forjando rimas da contradição.


Eu sou um muro de lamentação,
que guarda as angústias confessadas
das almas tíbias e desencarnadas,
que se flagelam pela vida em vão.


Eu sou, como um casulo de ilusão,
sutil metamorfose do que sinto.
Não tenho bússola! Sou o labirinto
em que vagueia o só em solidão.

Herculano Alencar
Enviado por Herculano Alencar em 01/09/2007
Código do texto: T634164
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Herculano Alencar
São Paulo - São Paulo - Brasil, 63 anos
1436 textos (63084 leituras)
20 áudios (406 audições)
13 e-livros (3771 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 11:50)
Herculano Alencar

Site do Escritor