Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nua morrendo na delícia.

Autor: Daniel Fiúza
04/04/2004

Rasgo teu silêncio com meu beijo
Esmago na tua boca minha prece
Sinto na saliva o sangue do desejo
Teu corpo quente minha carne aquece.

Acolho essa paixão em desespero
Quando a volúpia louca me abraça
Sentes-me, se fundindo em teu pêlo
Prazeres se espalhando na tua taça.

Queres minha força, prazeres carnais
Minha carne te entranhando quente
Pedes em lamentos lânguidos sensuais
A posse no teu corpo ardentemente.

Nua e maravilhosa oferece os seios
Para meu erótico toque e lambida
Enroscando-se procurando os meios
De ser sensualmente possuída.

Na umidade da tua vontade louca
Entre as pernas teu sexo latejando
Recebe o rijo pênis na tua boca
E minha boca no teu sexo amando.

Tantas penetrações na doce liberdade
Os amantes se entregando no calor
Amando-se, com furor e intensidade
Um ao outro acoplado nesse amor.

Tantos gozos nos orgasmos violentos
Entre gemidos e gritos de prazer
Eternizando o paraíso, esses momentos
Desfrutando essa delícia de morrer.


Domfiuza
Enviado por Domfiuza em 01/09/2007
Código do texto: T634564
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Domfiuza
Santa Barbara D'Oeste - São Paulo - Brasil
1103 textos (144491 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/10/17 22:35)
Domfiuza