Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VERSOS SÓS NA ALMA
Juliana Valis




Versos sós no limiar da alma,

Aqui, em nós, pedem sempre amor,

Com tanto afinco e sem muita calma,

No ápice insigne que a emoção armou !




Versos sós no limiar no tempo,

Com tanto sentimento, eis o mar da vida,

Eis a breve luz em cada vão momento,

Coração que escreve ao limiar da lida...



E quando a essência pede outra dimensão,

Outra profusão de sensações de afeto,

A vida experimenta tanta solidão

Que paixão transborda no futuro incerto...



Obscuro, portanto, torna-se o tempo,

No pranto, o vento se disfarça só,

Transbordando o ápice do sentimento

Na própria angústia que nos vem, sem dó.



Juliana Silva Valis
Enviado por Juliana Silva Valis em 01/09/2007
Código do texto: T634597

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para o site). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Juliana Silva Valis
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 33 anos
3973 textos (883813 leituras)
4 e-livros (1863 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 20:19)
Juliana Silva Valis