Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PROCURA

Vou vivendo uma procura...
Que parece não ter fim!
Procurando um amor...
Que será todo bem pra mim!

E por onde quer que eu ande...
Estou sempre a procurar!...
E vou me desiludindo...
Sem conseguir encontrar!...

A garota ideal...
Que me faça incendiar!

No diálogo que tenho...
Com algumas que conheço!...
Interrompo a conversa...
Pois eu logo me aborreço!

Me aborreço em ouvir...
Tanta besteira e tolice!...
Dessas moças já crescidas...
Que vivem a criancice!...

Falando coisas que são...
A maior idiotice!

Quero uma mente bonita...
Que saiba encarar a vida!
E não queira disfarçá-la...
Com fantasia colorida!

Quero a própria humildade...
Ser humilde é ser gente!
É saber estender a mão...
E não ficar indiferente!

Uma garota assim...
É o que vivo a procurar!
Não encontrei e, talvez...
Nunca consiga encontrar!


Nota do autor: Esta poesia foi escrita há dezoito anos passados, antes de eu encontrar a minha esposa Creusa, com quem sou casado há 16 anos e, com quem tenho três filhos (Weksley, 11, Welkhya, 07 e Wendryk com 03 anos de idade).

Antonio Alves
Enviado por Antonio Alves em 03/09/2007
Código do texto: T636257
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Antonio Alves
Serra - Espírito Santo - Brasil, 55 anos
4707 textos (116093 leituras)
10 áudios (3164 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 10:48)
Antonio Alves