Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Me vejo longe do tempo,
Observo a vida brincando, ajeitando,
Desloca e recorta as peças de um retrato,
Transforma em um quebra cabeças, insensato,
E diante de nós, pequenas peças, que juntas,
retratam da vida muitas figuras.

Para isso será preciso habilidade,
Para remontar até o fim o que se esconde,
Descobrir o que na forma disforme se distorce.
Desvendar o caminho misturado, o destino,
Que comecei tomar conta desde menino.
E o que será que me guarda esse mistério?!

Sigo eu as vezes atento,
Remontando o mistério da vida,
Feito em pequenos pedaços.
As vezes até reconheço um caminho,
qual esse talvez já tenha trilhado,
mas creio ainda não ter percebido.

Outras vezes nem tanto,
me perco na forma distorcida,
me pego em nada pensando,
no vazio de uma peça perdida,
mas logo me encontro e recomeço,
volto a remontar o que desconheço.


Espero somente chegar ao fim,
e olhar que das pequenas formas,
Revelado, há um lindo retrato, de mim.
Enriquecido de cores e promessas cumpridas,
de belos jardins de flores perfumadas,
de uma intensa e rica jornada.

LuRubia
Enviado por LuRubia em 03/09/2007
Reeditado em 27/05/2010
Código do texto: T636967
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
LuRubia
São Paulo - São Paulo - Brasil, 50 anos
230 textos (8361 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 07:42)
LuRubia