Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Eterna chama - a esperança

       
         Quem disse que  não existes?
         Quem falou que  não estás presente?
         Quem não viu a tua chegada?
            Chegastes de mansinho.
            Com o mesmo ruído de um novelo
            Desenrolando-se no veludo.
            Tu és o silêncio
            Oculto dentro da cor muda
            Que ronda os corações dos desencantados.
clepsidra
Enviado por clepsidra em 03/09/2007
Reeditado em 04/09/2007
Código do texto: T637214

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
clepsidra
São Pedro da Aldeia - Rio de Janeiro - Brasil
97 textos (22613 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 15:19)
clepsidra