Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O raimundo do Brasil

O Raimundo do Brasil

Sabemos sempre que as crianças pertencem às mães
Mas aqui nesta terra elas saciam
a pedófilia estrangeira e nacional
Ao nascerem pertencem a si mesmas

Pelas orlas pelos postos de gasolina
Pelas ruas poeirentas pelas ruas povoadas
Pelas ruelas ou pelas estradas

Por todos os lados ali estão
São milhões pequenos exércitos mutantes
Brancos mulatos negros mamelucos cafuzo

Entrincheiram-se em expectativas melancólicas
Frente à ausência de futuro
Órfãos em terra própria
Nossas crianças ainda tenras
Vão deixando de ser crianças

Perseguem os seus perseguidores
Exalam cheiros fortes de seus corpos
Acostumados com os olhares assustados
e entorpecidos


Exploração e injustiça prosseguem
Esmagados os que se levantam
Escondidos os educados.
Insinceros despojados de ética
Numa ganância tirânica
Os filhos do capitalismo configuram e selam essa
Sociedade macabra!

 Neuza Ladeira
Neuza Ladeira
Enviado por Neuza Ladeira em 04/09/2007
Código do texto: T637648

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Neuza Ladeira
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 67 anos
259 textos (4919 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 05:16)
Neuza Ladeira