Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VIVA A POESIA!





Novo riquísmo,
Bem aprumado,
É despotismo
Mui refinado.

Gravata e lenço,
Ao pescoço,
Parece um penso,
Na boca do moço.

Carro à porta,
Ébrias noites,
Falta a retorta
E uns açoites.

Muitos estudos,
Pouca ciência,
Vértices mudos
Sem inteligência.

Falta de nexo,
Versar pueril,
Têm do sexo
O seu redil.

Não respeitam nada,
Neo fascistas…
Saem da sacada,
Anti socialistas.

Há muitos por aqui,
Como esses outros,
São poetas, sim,
Releitura doutros.

Doutores e afilhados,
Poetastros do não,
Missa e finados,
Honrando tradição.

Onde está o povo,
Onde a nossa voz,
Onde o mundo novo,
Do mar a foz?

Viva a poesia!
Viva a luta!
Hoje é dia
De nova disputa.

Jorge Humberto
04/09/07







Jorge Humberto
Enviado por Jorge Humberto em 05/09/2007
Código do texto: T639763
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jorge Humberto
Portugal, 51 anos
2622 textos (67116 leituras)
22 áudios (940 audições)
13 e-livros (541 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 22:32)
Jorge Humberto