Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ONTEM

   

                    ONTEM TIVE A CHANCE DE DIZER,
                    TUDO AQUILO QUE SEMPRE QUIZ
                     E NÃO TINHA CORAGEM AO VER
                        CADA MOMENTO TESTADO


                                                TESTE E APRENDIZAGEM
                                              RESTOU-ME PROVAS OBTER
                                                   NÃO QUERO COLHER
                                      SOU UM COVARDE E NUNCA IREI DIZER
                                                 QUE ESTOU TE AMANDO
                                        FICO A ESPERA DO MOMENTO EXATO
   

             EM QUE MESMO QUERENDO NÃO PODERIA ERRAR
                   MAIS SÓ DEI MOTIVOS PARA RECLAMAR
                              QUE NÃO AMO BASTANTE
                       NÃO OUSO BEIJARLHE AS PALPEBRAS
                              AO CARTZO DA ESMA PENA
                        MAS COMO OUTRO TE FAREI CHORAR
                    SEREI SEMPRE QUEM VOÇÊ ACREDITA AMAR.
DIEGO HUXLEY
Enviado por DIEGO HUXLEY em 06/09/2007
Reeditado em 09/09/2007
Código do texto: T641394

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
DIEGO HUXLEY
Sobradinho - Distrito Federal - Brasil, 30 anos
221 textos (11155 leituras)
1 áudios (42 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 10:53)
DIEGO HUXLEY