Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Gnose

Senti a morte pensar por mim
Como uma noite de névoa
Numa treva sem lugar…
Como a raiva que sofremos
Quando a morte astuta
Nos abate a sabedoria por si…

Tenho vivido muito tempo
A pensar nessa vindima
Não conseguindo defrontar
Na vontade e na sorte
O que recolher,
De essa, a nossa morte…

Será o fim de uma rota
Que tolerou,
Lacónica,
Porém em gnose,
Descobrindo nas brechas,
Querer e vontade
Num troço
De apenas
Uma intenção:
Consentir
Na morte;
Noite;
Medo;
Solidão…

Palavras estigmatizadas,
Pela alma
E por nós oportunos,
Que medrámos junto à vida
Impelida por si,
Ao nos franzir,
E ao nos criar,
Para ser
Um dia,
Mais uma morte!
Teófilo Velho
Enviado por Teófilo Velho em 06/09/2007
Código do texto: T641407

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Teófilo Velho
Portugal, 54 anos
20 textos (435 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 09:53)