Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A TERRA É UM PLANETA FEMININO

     

      "Aquele que conheceu apenas a sua mulher, e a amou, sabe mais de mulheres do que aquele que conheceu mil."
                                                     Leon Tolstoi
                 

     Flores silvestres, rosas cuidadas,
     mulheres feitas, meninas- mulher,
     em todas existe a lua transparecida,
     o sol da paixão, a água cristalina
     que refresca os pés do viajante solitário.
     Somos todas criadoras de vida,
     em nossas mamas verte um doce leite
     purificador...
     Somos regaço acolhedor, somos feras
      em nossa natureza selvagem sufocada
      por falsas amarras seculares.
      Lobas famintas à procura de saciedade,
      lobas suaves no aconchego do amor!
      Vorazes bocas,  alucinam em beijos
      e suaves,  tocam a testa dos enfermos.
      Nas marcas que o tempo vai deixando
      em nosso corpo como tatuagens,
       constrói-se a grandeza de nossa história pessoal.
       Somos mestras, amigas, companheiras de farra,
      fêmeas  nos cios que forjam novas vidas,
       estremecimento e gozo,  verdades contadas
       nas esquinas,  flores nos túmulos dos soldados,
       lenços brancos nas estações vendo o trem partir.
    ´  Somos a mesa posta, a cama feita, o cheiro do
       tempero nos fogões de outrora, somos saudade,
       choro convulso e inexplicáveis sorrisos enigmáticos.
       Evas condenadas por ignorância e prepotência,
       numa bíblia forjada pra nos aprisionar,
       queremos de volta nossa inocência de mulheres selvagens,
       de gatas com garras,  de virgens dilaceradas,
       pois a verdadeira fêmea é altiva e não se abate,
       é guerreira e não vende seu corpo por migalha
       ou mesmo toda a fortuna do mundo!
       A verdadeira Eva transfigurada   é dona
       de sua vontade, luta de igual pra igual,
       e não deixa que nenhum homem venha a
       jogar o que quer que seja no seu rosto,
       e não será jamais objeto do desrespeito
       disputada pelos cães de rua, por
       criaturas desprezíveis que a querem "liberta"
       para acorrentá-la ainda mais.
       Somos a Grande Criadora, o ser feminino
       em cujo ventre crescem novos seres,
       o grande arquétipo que subjaz nos escombros,
       nas ruínas, no fundo dos  rios e oceanos.
       Somos janelas abertas , brisa marítima, ventos
       e tempestades, somos a Grande Matrix ,
       o Alfa e o Ômega, o fio da navalha, a onda
       e o furacão, somos enfim a beleza, somos
       o labirinto temido pelos invasores,
       a doce ilha dos amores, o continente
       a desbravar com cuidado, ternura e mãos castas.
       Do nosso corpo faremos santuário,
       e quem dele se aproximar, saberá que
       reverência e amor serão as chaves
       e que nunca terão de nós o mais doce fruto
       se com força  em nós fizerem morada.
       Os nosso lábios são doces, mas a nossa ira
       é pesada!
       E território invadido, é zona de conflito:
       choro, morte e tristeza,
       mas território conquistado será sempre
       a celebração da alegria,
       a certeza da continuidade da vida.
       A Terra é um planeta feminino e este é
       O Princípio Criador de todas as coisas...
       Sejamos mulheres guerreiras,
       de corpos nus à luz das fogueiras,
       de danças e quadris em ritmos alucinados,
       ouvindo a voz da nossa natureza oprimida,
       cantando e dançando para nosso próprio prazer,
       explodindo em madrugadas de brancas flores
       e repousando nas auroras de corpos saciados,
       junto ao companheiro que nos mereceu e nunca,
       jamais, acorrentadas ao mercador que nos comprou.
       
         

       
tania orsi vargas
Enviado por tania orsi vargas em 06/09/2007
Reeditado em 23/05/2011
Código do texto: T641737
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
tania orsi vargas
Taquara - Rio Grande do Sul - Brasil
772 textos (51484 leituras)
4 áudios (521 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 07:13)
tania orsi vargas