Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

OLHOS SELVAGENS!

Eu acordo a noite e vejo a lua cheia a brilhar
Sento-me sobre às montanhas de meu coração
Buscando o motivo da luz desse luar a me acordar

Buscarei então os motivos e as razões
Caminhando em direção a noite brilhante
Correndo noite adentro neste sonho

Quando acreditei ter chegado ao fim
O sol nasceu para mim
E eu vou seguir para o amanhã das luzes

Olhos que enxergam através da percepção
Olhando passado e futuro no fundo de seu coração
Que penetra em almas impenetráveis como um dragão

Que estes olhos selvagens me levem para a batalha que anseio
Olhem no fundo dos olhos do destino e penetre até um futuro distante
Buscando o sonho almejado em meu coração

Olhos selvagens guie este coração verdadeiro, para alem do véu.
Olhos selvagens me faça levantar com vencedor e não como um réu
Olhos que dizem, "EU SOU A FURIA TEMPESTUOSA QUE RUJE NO CÉU!"

                                    (Tiago André Brêta Izidoro)
Tiago André
Enviado por Tiago André em 07/09/2007
Código do texto: T642115
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Tiago André
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 28 anos
52 textos (2213 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 07:14)
Tiago André