Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

“Pátria minha, Mãe Gentil”

 

 

Neste 7 de Setembro

O que há pra festejar?

Pois de tudo o que me lembro

Dá vontade de chorar.

 

Pátria minha, ó pátria minha!

O que fizeram contigo?

Teus braços não me protegem,

Estou vivendo em perigo.

 

E neste dia de “festa”,

Da falsa libertação,

Os teus filhos, acuados,

Se sentem numa prisão.

 

A quem pedimos ajuda,

Ó minha pátria gentil?

Tu queres que abandonemos

O solo deste Brasil?

 

Vejo aqui nesta Esplanada,

O desfile militar,

Na tribuna engalanada

O “poder” a nos gozar.

 

Proteja-nos pátria amada,

Como proteges o Ipê,

Que fica mais belo e forte

A cada reflorescer.

 

A foto que ilustra o texto foi feita por mim. Fotografar Brasília e suas árvores é o meu prazer. Ministério do Planejamento, que eu rebatizei de " Ministério  dos Ipês".

Hull de La Fuente
Enviado por Hull de La Fuente em 07/09/2007
Reeditado em 07/09/2007
Código do texto: T642821
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Hull de La Fuente
Brasília - Distrito Federal - Brasil
2667 textos (398010 leituras)
2 e-livros (184 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 04:44)
Hull de La Fuente