Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
VIDA INTERROMPIDA


Já é noitinha;
E ele caminha...

Com muita pressa,
Chegar em casa é o que mais lhe interessa.

Abraçar a filha, beijar a mulher,
Ficar como bem quiser.

Assistir o seu jornal,
E ver como o mundo anda mal.
----------------------------
De repente, um grito,
Ressoa aflito;

-Olha o carro moço!
Num susto virou o pescoço.

Porém, tarde demais,
No asfalto um corpo jaz.

De forma estúpida.
A vida foi interrompida.



DELEY
Enviado por DELEY em 07/09/2007
Reeditado em 07/09/2007
Código do texto: T643125

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
DELEY
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
4935 textos (186881 leituras)
4 e-livros (1657 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 07:38)
DELEY