Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Promissão



Vida ritmada em conta-gotas
Pelo sim, pelo não
Sacia minha saturação
Por veladas verdades

Carrego-me com o peso dos sonhos
Um despertar tão medonho
Faz-me compreender
sou no sonho este que sonha
por um não mais ser

No hoje sou quem me acompanha
E o futuro se assanha
Brincando com meu padecer

Tenho fome de esperança
Tempero o tempo que passa
Sou forma tão definida
Assim como o é o contorno da fumaça

Ócio abnegado
Cercado de tardança
Lembra no último instante
Do quanto deixou de ser criança

Rico de vaidade em vida
A morte guarda-me no bolso
Como último trocado para o amor
Esse inatingível ao ver-me amorfo
Envolve-me

Sou aquele que esmolou
leandro Soriano
Enviado por leandro Soriano em 08/09/2007
Código do texto: T643221
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
leandro Soriano
Santos - São Paulo - Brasil, 60 anos
199 textos (8625 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 03:46)
leandro Soriano