Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SOLIDÃO

SOLIDÃO....

Ainda que entre tantos ruídos,

Bater de portas, canções, latidos e miados infinitos

Sinto-me cada vez mais sozinha...

Solidão ingrata que a tanto me faz cativa

Tira-me  a vontade sensata de vida...


Aumentando a cada instante o desejo fugaz de morte

Não a morte como algo permanente...

Mas, como o final desse sórdido momento

Dessa solidão inconseqüente


Que consome a alma

E queima a carne como fogo que não se vê

Ferida que arde sem doer...

Enfim, olhar ao redor e,

Sentir-se só...

Nada mais.SOLIDÃO

Ravena
Enviado por Ravena em 08/09/2007
Código do texto: T643653
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ravena
São Paulo - São Paulo - Brasil, 51 anos
7 textos (207 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 00:01)
Ravena