Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
BIRITA NÃO RIMA POESIA

Peço a rima que me venha
Pra que eu possa cantar
Peço ao meu amor
Que me inspire
Pra que eu rime
Alguma coisa bonita

Mas, a danada da birita
Fez a rima fugir-me
O amor ir embora
E eu, até agora 
Sem poder acabar
A bendita da canção.

Eu bebo nao
Por isso vou vivendo...
Tem gente que bebeu... E está morrendo!
paulo cesar coelho
Enviado por paulo cesar coelho em 08/09/2007
Código do texto: T643772

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
paulo cesar coelho
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil
2602 textos (502983 leituras)
57 áudios (6098 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 11:02)
paulo cesar coelho