Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


MONOTONIA

 

Calaram-se todas as vozes,

 a reais e virtuais,

ninguém me quer mais...

estou só...como um nada na terra,

como um átomo somente,

mergulhado em minha mente...

 

Sinto-me neste instante,

como dantes no útero materno,

como um ser subalterno,

oculto e dependente,

sem vida própria,

como um sopro invisível e eterno...

 

Na quietude deste quarto acolhedor,

nesta carência de amor,

extravaso o meu marasmo,

sem vergonha e sem sarcasmo,

transbordo a monotonia

reinante em meu interior...

(imagem do google)

 

Bryzza
Enviado por Bryzza em 08/09/2007
Reeditado em 28/04/2012
Código do texto: T643861
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Bryzza
Sorocaba - São Paulo - Brasil
1285 textos (103558 leituras)
2 áudios (72 audições)
29 e-livros (6077 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 22:01)
Bryzza

Site do Escritor