Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Coração de Gelo

Friamente observando os meus amores
Amores fracos, fracos sentimentos
Sentimentos febris, tão breves, curtos
Que perderam as suas mais belas cores.

Sinto as hipotermias lacerantes
Sob minha nua pele de menino
O frio me faz corte pequenino
Nesse dia nunca mais eu fui como antes!

Espero p’lo calor da minha amante
Para enfim, morrer só, aprisionado
E quando for plantar flor de finado
Deixe no meu cipreste que a ave cante!
Fabio Melo
Enviado por Fabio Melo em 08/09/2007
Código do texto: T644008

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fabio Melo
Santo André - São Paulo - Brasil, 33 anos
799 textos (270566 leituras)
6 áudios (1651 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 08:37)
Fabio Melo