Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tormenta do Coração

OH, PORQUE ELA NÃO DECIDE LOGO MEU DESTINO
NÃO VES QUE ESTAS MATANDO O AMOR QUE SINTO
POR VOCÊ, INGRATA DEI-TE EM MEUS BEIJOS MINHA
ALMA SOLITARIA QUE ATÉ HOJE JAMAIS SOFRERÁ UMA

DOR SEQUER, ANDEI OS CONFINS DO MUNDO ATRÁS DE
TI PRA PROVAR O QUE É O VERDADEIRO AMOR, E TU COM
SUA INCERTEZA ME DESPREZOU COM SEU CINISMO, O PASSADO
JAMAIS NOS ATRAPALHARÁ ESSA CHAMA QUENTE DO AMOR...

OS DIAS QUE NÃO DORMIR POR VOCÊ, PENSANDO EM VOCÊ
LOUCURA SERIA O MESMO QUE ESQUECER-TE NESSA SOLIDÃO
MAS SUAS PALAVRAS ME MACHUCAM O CORAÇÃO QUE UM
DIA TE AMOU E SEMPRE TE AMARÁ NESTE DESEJO LOUCO

DE TER VOCÊ EM MEUS BRAÇOS DISSO PODE TE   CERTEZA
POIS MEU CORAÇÃO SEMPRE PERTENCERÁ A  VOCÊ E NUNCA
VOU TE ESQUECER, POIS ASSIM VEJO MINHA MORTE DEPOIS
DA CURVA DO FINAL DO TUNEL DO ESQUECIMENTO DO CORAÇÃO!
POETA ELOQUENTE
Enviado por POETA ELOQUENTE em 09/09/2007
Código do texto: T645174

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Sobre o autor
POETA ELOQUENTE
Marília - São Paulo - Brasil, 36 anos
225 textos (63443 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 08:00)
POETA ELOQUENTE