Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Casca

Sou casca de mim mesmo
Sou árvore sem raiz, sem tronco, sem caule,
Sou casca de grande beleza
Preenchida de puro vazio, o vazio da imensidão.

Não sou para tocar
Sou para olhar
Tu que me admiras, que é fã minha,
Cuidado!
Não me toques, não te resisto.

Não resisto ao vento, à tempestade, à chuva
E nem mesmo a ti pássaro belo
Não tenho frutos
E nem mesmo flores
Não dou sombra
E nem mesmo sirvo para te recostares

Mas continuo árvore,
Árvore para ser admirada
Por que esta é meu destino
Marlon Oliveira
Enviado por Marlon Oliveira em 10/09/2007
Código do texto: T646683

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marlon Oliveira
Imperatriz - Maranhão - Brasil, 45 anos
23 textos (1256 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/11/17 14:01)
Marlon Oliveira