Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A VIDA É SIMPLES

"Aqui está o pão, o vinho, a mesa, a morada;
o ofício do homem, a mulher e a vida".
Pablo Neruda.

Maria exerce a mais antiga
e mal remunerada profissão do mundo.
Lava, passa, limpa banheiro,
arruma cama, casa e jardim.
Conversa com Mila, a cadelinha,
e canta sozinha enquanto bole
no tanque e pia da cozinha.
Das comidas exalam saborosos
a doçura e o sal dos cheiros.
O amor é ingênuo pássaro noturno.
A mesma ingenuidade de Natália,
devota de carinhos, adolescência em flor.

Quando vêm tristezas e dúvidas,
ela come o rabo do Capeta com orações.
Deus bole o excremento
e sempre absolve a simplicidade.

A intimidade da casa
é a pureza sem registro.

– Do livro BULA DE REMÉDIO, 2007/2009.
http://www.recantodasletras.com.br/poesias/646781
Joaquim Moncks
Enviado por Joaquim Moncks em 10/09/2007
Reeditado em 01/06/2009
Código do texto: T646781
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Joaquim Moncks). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Joaquim Moncks
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 70 anos
2776 textos (755028 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 14:13)
Joaquim Moncks