Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

solidão de casa abandonada


Chora, chora
a espera de alguém
implora, implora
mas esse alguém não vem

Promete ao sol
e as estrelas
até a vida
inútil vielas

Chama, chama
por ela
seu nome pronuncia
infinita  janela

Lágrima
cai
caminha na face
ao solo vai

Corpo cambaleia
olhar entristece
mão vagueia
em prece

longe, longe
esperança
conto de fada
vejo a trança

cadê sorriso
murmúrios do nada
solidão
de casa abandonada

atanazio mario fernandes Lameira
Enviado por atanazio mario fernandes Lameira em 28/10/2005
Código do texto: T64802
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
atanazio mario fernandes Lameira
Laguna - Santa Catarina - Brasil
364 textos (12407 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 00:24)
atanazio mario fernandes Lameira