Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A La poesia.

Ela estava ali, como uma estranha conhecida
Sem saber, que não era uma simples menina
Muito fácil escutar, mais difícil entender
Todas as letras das cartas, que sem saber faço pra você
E pra que os gigantes, dom Quixote ou o romance
Dispenso o tédio, se existe o melhor remédio
Que bom é sorrir junto a você.
Nio
Enviado por Nio em 11/09/2007
Código do texto: T648174
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Nio
Castanhal - Pará - Brasil, 26 anos
2 textos (113 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 09:48)
Nio