Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

RASCUNHOS...




O meu verso é rascunho
O meu verso é "rasgado".
Morre na boca,renasce no
Ato.
Na palavra dita,bendita palavra.
O meu verso é confuso.
O meu verso é alado.
E a palavra?
Morre nas mãos.
Renasce em poeisa.
Germina na palavra
Que eu plantei...
E, humildimente
Rascunhei no meu canteiro.
Cultivo,mãos lambuzadas
De palavras.

LuciAne 12/09/2007
11:02
POESIA on-line
Luciane Lopes
Enviado por Luciane Lopes em 12/09/2007
Código do texto: T649098

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Luciane Lopes
Mirassol - São Paulo - Brasil, 46 anos
1215 textos (60261 leituras)
47 áudios (3086 audições)
1 e-livros (120 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 02:46)
Luciane Lopes